A fragilidade da trama aberta

O clima está mesmo um vai e vem. Em uma única semana saímos de vestidos leves e cachecóis. E quando bate um friozinho logo pensamos em tirar aquele tricô esperto do armário.

No ultimo inverno vimos muitas malhas desse tipo com a trama bem aberta e pontos largos. Fica bonito, fica chic, fica com cara de quentinho. Mas também é uma peça que requer muitos cuidados, pois é extremamente frágil!

Não aconselho minhas clientes a optarem por tricôs com a trama bem aberta porque a vida útil dessas peças é curta. Mesmo de marcas de excelente qualidade, esse tipo de roupa é sensível e estraga com muita facilidade. Por mais que a pessoa tome o maior cuidado, sempre enrosca em alguma coisa e lá vai a blusa ficar com vários fios puxados.imagem 1 a fragilidade da trama aberta

Quando isso acontece acabou? É o fim do tricô? Claro que não, sempre tem jeito de consertar. Nos casos dessas malhas com pontos enormes é ainda mais fácil. É simples de estragar, mas também é simples de arrumar.

Basta usar uma agulha de crochê e puxar o fio rebelde para o lado de dentro e depois dar um pequeno nó na parte interna para ele não voltar a sair de onde deve.imagem 2 a fragilidade da trama aberta

Que tem concerto tem. Mas na hora de escolher uma peça nova, pensar nesses detalhes é importante para não acabar com uma roupa trabalhosa e com pouca durabilidade dentro do armário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *