Chocolate em pó pra gente grande

Algumas ideias que me vem a cabeça na hora de escrever os posts me parecem extremamente bobas, mas quando comento delas em outras situações com as pessoas, recebo de volta um sorriso e aquela expressão de “nossa, como nunca pensei nisso”. Então o post de hoje é um desses, que parece uma incrível bobagem, mas pode fazer diferença pra alguém, como fez pra mim.

Desde pequena sempre odiei café. Tomo as vezes café com leite, mas beeem clarinho, ficando com a coloração quase branca. Também nunca fui muito fã de chá, me parece bebida para se recuperar de gripe. Mas em compensação, sempre amei chocolate.

Em minha casa, sempre tivemos o habito de tomar leite no café da manha. E eu sempre misturava um chocolate em pó nele. Essa rotina me acompanhou por 25 anos, até que comecei a enjoar dos achocolatados tradicionais.

Dizem que vamos modificando nosso paladar conforme vamos crescendo e envelhecendo. Isso aconteceu comigo com vários alimentos. Mas quando comecei a enjoar dos chocolates em pó que tomamos na infância porque eram muito doces, resolvi buscar alternativas de chocolate de gente grande pra misturar no leite.

Troquei bastante as marcas, mas não achei nenhuma que realmente me agradasse. Até que lembrei do Chocolate em pó da Nestlé, aquele dos frades (só agora percebi que o nome dele é dois frades, e não dos frades, hehe) que normalmente é usado para fazer doces. Fiz o teste e adorei, é mais amargo e saboroso, tirando aquele gostinho de excesso de açúcar que eu não aguentava mais. As vezes, coloco uma pequena (pequena mesmo) colher de açúcar, pra tirar o amargo e continuar com o sabor suave.

imagem 1 chocolate de gente grandeO único problema, pra quem gosta de bebida fria, como eu, é que esse chocolate só se dissolve por completo em leite quente.  Então esquento bastante uma quantidade pequena, suficiente pra diluir o pó e depois completo com leite gelado.

Dá um pouco mais de trabalho, mas fica muito mais gostoso! Essa também é uma ótima opção pra quem tem intolerância a glúten.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *