Arquivo da tag: promoção

Compras na Black Friday

Como o próprio nome diz, a black Friday é só na sexta, porem existem muitos estabelecimentos que esticaram o famoso dia de descontos pra semana inteira. Então ninguém precisa esperar até dia 27 pra chamar de seu algum produto que está pensando em comprar.imagem 1 compras na black friday

Mas para evitar que essa comemoração estendida se transforme em pesadelo financeiro depois, aqui estão algumas dicas para ter em mente na hora das compras:

– Faça uma lista dos produtos: Fica mais fácil não se esquecer de nada e saber realmente o que está precisando.

– Tenha um orçamento: Esse é o melhor caminho para aproveitar uma liquidação sem enfiar o pé na jaca.

– Foco na compra: Vá direto ao ponto e busque só os itens desejados.

– Cuidado com as tentações: Um monte de lojas vão querer te puxar pra dentro, entre somente nas que fazem sentido pra você.

– Não caia no conto do “tá barato”: Tudo que não serve pra você, seja por estilo, tamanho ou necessidade, não é barato, mesmo que custe 1 centavo. Gastar com peças que não se encaixam na sua vida é o maior jeito de desperdiçar dinheiro, não importa o valor do desconto. Pense que o barato pode sair caro.

– Comida é sua amiga: Tem gente tão alucinada por comprar que se esquece de comer, mas lembre que você precisa de energia pra aproveitar as compras e pra pensar com clareza se está fazendo um bom negócio.

– Divirta-se: Além de trazer bons achados pra casa, divirta-se, afinal, fazer compras deve ser uma experiência prazerosa.

Agora dá pra aproveitar ao máximo a temporada dos descontos e se precisarem de alguma coisa, é só dar um grito pra gente, o Compras com Estilo vai passar por vários shoppings essa semana.

 

Fonte: foto de artista desconhecido

Preparação para a Black Friday

Tá longe, eu sei, falta quase um mês pra Black Friday, mas já podemos começar a nos preparar pra ela, e isso não quer dizer apenas guardar $$. Para o dia das promoções realmente valer a pena, precisa de um certo planejamento.imagem 1 preparação para black friday

Originalmente é um dia de descontos super vantajosos na sexta feira após o dia de Ação de Graças, onde os americanos passam o dia e até a noite em busca de preços maravilhosos pra adquirir os mais variados estilos de produtos. E como bons amantes e copiadores do que tem lá fora, agora o Brasil também faz Black Friday.

Ano passado eu estive em uma autentica Black Friday, como contei aqui e o que temos no Brasil não chega nem perto do que vi por lá. Por essas e outras que eu recomendo pra quem quer participar dos descontos desse ano, fazer uma preparação que deve começar agora.imagem 2 preparação pra black friday

Faça uma lista das coisas que pretende comprar e comece uma pesquisa de preços em sites e lojas, anote os valores dos produtos que você quer e acompanhe o custo deles no próximo mês. Muitas lojas aumentam um pouco os preços no começo de novembro pra poder baixar na Black Friday e o consumidor acha que está fazendo um bom negócio.

Então é bom saber o preço real dos produtos, assim você evita cair nesses golpes e realmente ganha bons descontos. Eu já consegui achar muita coisa boa na Black Friday brasileira, mas também tem muito trambique, então é bom ficar esperto e saber bem o que você está buscando.

E que venha o dia 27 de novembro com bons descontos porque nós merecemos.

 

Fonte:

Imagem 1: encontrado em skreened.com

Imagem 2: eu mesma fiz

Topshop dando tchau pro Brasil

Ainda não é certo nem oficial, mas ao que tudo indica a Topshop vai fechar as portas aqui no Brasil. Tudo começou com o fechamento da loja do Iguatemi, com a noticia de que seria apenas para realocar a marca em outro espaço dentro do próprio shopping, porem a nova loja nunca foi aberta. Depois a loja do Market Place também foi fechada, restando na cidade apenas a unidade do Jk.imagem 1 topshop dando tchau pro barsil

Passei por lá esses dias e fiz questão de entrar na loja e ver como estava o ambiente, já que muita coisa que vemos na mídia é extremamente exagerada e sem proposito. Vi com meus próprios olhos uma loja as moscas, totalmente vazia de pessoas, profissionais e produtos, mesmo com uma placa na entrada de até 70%off. Mas é de se esperar que uma marca com esse desconto realmente esteja vendo seus produtos irem embora, mas o que percebi é que a quantidade ainda é grande, mas a variedade que está escassa, praticamente um mar de regatas básicas, calças jeans, leggings e uma pequena porção de produtos mais interessantes.imagem 3 topshop dando tchau pro brasil

Mas aí é pra se pensar, o que está acontecendo? Como uma marca desse porte chegou a esse ponto? Se pra um gigante desses a coisa está feia, o que será do resto de nós!? É fato que estamos em meio a uma crise e isso não tem como negar, apenas se adaptar, mas o que vejo na Topshop vai um pouco além disso.

Fast fashion no exterior, a marca chegou aqui com produtos bacanas, mas ainda assim caros pro bolso do brasileiro em relação ao conceito que representa. Não é difícil encontrar uma blusa com a etiqueta da marca por 250,00 reais. Desculpa, isso não é moda acessível. A Topshop conseguia até segurar a concorrência da Zara, porque apesar de preços mais altos, oferecia produtos mais diferentes e com perfil jovem. Mas ai chegou a Forever 21 e chacoalhou todas elas, principalmente a moderninha destinada ao pessoal novinho que tem muito estilo, mas ainda não tem muita grana.

Outro ponto interessante que reparei é que nas ultimas coleções as vitrines estavam recheadas de peças bizarras tipo macacão estilo astronauta, vestido de unicórnios cheios de babados infantis em tamanho adulto e casacos de pelo colorido com a cara dos ursos de pelúcia, entre muitas outras estranhezas caras e minimamente duvidosas. Já é fato comprovado em pesquisas que os brasileiros são muito resistentes a novidades na moda e demoramos pra aceitar conceitos muito usados em outros países. E se isso já é difícil com peças simples do uso cotidiano, imagina coisas extremamente diferentes e com cara de fantasia, tinha tudo pra encalhar mesmo!imagem 2 topshop dando tchau pro brasil

Enfim, ainda não é comprovado nem certo, mas é bem provável que em breve a Topshop feche de vez suas atividades por aqui, o que é uma pena, pois sempre acho triste quando uma empresa não dá certo (mesmo que dê muito certo em outros lugares) principalmente as que tem potencial para fazer parte de nossas vidas. Recomendo que todos os fãs na marca passem por lá pra fazerem suas compras, pois não sabemos até quando vai durar…

Outlet Catarina

Faz um tempinho que abriu, mas só agora consegui separar um dia pra conhecer o Outlet Catarina, que fica pertinho de SP, no km 60 da rodovia Castelo Branco. Aqui no Brasil o custo de tudo é muito alto, por isso ter a oportunidade de pagar menos pelos produtos faz a gente nem pensar muito e pegar a estrada rumo às compras.imagem 1 outlet catarina

Já gostei assim que entrei e vi um estacionamento enorme. Ao contrario do seu concorrente Premium que fica perto de Campinas, lá é fácil estacionar e o local comporta bem o numero de visitantes. E a grande vantagem no quesito carro é não precisar pagar estacionamento, já que qualquer ida aos shoppings da cidade nos faz desembolsar uma quantia exorbitante.

A disposição das lojas é bem interessante e de fácil localização, é praticamente um corredor reto e tem apensa duas bifurcações, então é bem simples encontrar o que procura e passar na frente de todas as lojas. Falando nelas, achei bacana ver que lojas de estilos parecidos ficam próximas, então quem está interessado em algum item especifico já consegue ver as opções sem andar muito.imagem 2 outlet catarina

Sobre a variedade de produtos também achei o mix favorável, tem praticamente um pouco de tudo. Roupa masculina, feminina, infantil, lingerie, moda praia, festa, sapatos, moveis, coisas de cozinha, lençóis e toalhas,  bebidas, lojas mais simples e lojas mais premium, todas elas dividem o espaço de forma harmônica e agradável para o consumidor.imagem 3 outlet catarina

A praça de alimentação fica no final do corredor e conta com opções rápidas e praticas, também seguindo o mesmo estilo das lojas, de oferecer um pouco de tudo e até uma área de brincadeiras para as crianças aproveitarem enquanto os pais fazem compras. Restaurante mesmo só vai ter um Outback (ainda não abriu), mas acho suficiente, já que quem visita o espaço está na pegada de comprar e não de um almoço mais demorado.imagem 4 outlet catarina

A parte mais interessante é de fato os preços. Será que vale a pena pegar estrada para ir até lá?? Minha resposta é sim, vale a pena! Os descontos variam de acordo com a marca, mas é possível fazer uma grande economia na maioria das lojas. As promoções vão de 15 a 80%.

Nas marcas mais top como Burberry, Hugo Boss, Kate Spade, Michael Kors, Tory Burch e Armani, os valores chegam a ser em media uns 40% mais barato do que o normal. Achei um casaco da Burberry  de 5000 por 3000 e as bolsas da Kate e Michael de 1500 por 700. Na Armani encontrei um casaco incrível de 13 por 8 mil. Claro que os valores ainda são bem altos, mas se formos pensar no preço cheio de cada um, o desconto é bom. E sempre existe aquela seção mais barata, mesmo dentro dessas lojas, aí compensa ainda mais.

Pra quem pensa em algo mais viável, também é possível encontrar boas opções na Carlos Miele, Daslu, VR, CK, Canal e varias multimarcas que misturam de tudo um pouco (dá pra achar Cori e Luigi Bertolli na mesma arara). Nessas lojas os descontos variam bastante, algumas chegam a vender bem barato mesmo e em outras o desconto não é tão grande. A media é uns 50%.

O item que eu achei que mais valeu a pena são as lingeries. A Intimissimi leva a serio o conceito de outlet e vende calcinhas, sutiãs, pijamas, cuecas e homewear por preços realmente baixos. Tem peças de renda por 5 reais e muitas coisas em torno de 20 ou 30. A peça mais cara que encontrei estava por 50. Mas um item que não achei muito valido são os sapatos, que na maioria das lojas estava com pouco desconto, se fosse só por eles a visita não teria valido a pena.

Outro ponto muito positivo no Catarina é a organização. Todas as lojas (com exceção de umas duas) são muito bem arrumadas e parece que estamos num shopping comum. Porque vamos combinar que não existe nada mais desesperador do que entrar numa loja e ver aquela pilha enorme de produtos misturados, aí da até preguiça de mergulhar de cabeça na missão de encontrar algo bom. As numerações também são encontradas com facilidade na maioria das lojas, então dá pra levar roupa pra todo mundo.imagem 5 outlet catarina

Claro que os preços são chegam nem perto dos outlets que visitamos em outros países, mas analisando o mercado daqui os descontos são bons e o ambiente é bem gostoso (cheio de arvores) pra passear, principalmente em dias quentes. Achei a visita super valida e pretendo voltar outras vezes ao Catarina!

Qualidade a preço de banana

Recebo muitos e-mails de pessoas que querem fazer compras boas e pagar o mínimo possível. Até aí tudo certo, esse é o desejo de todo mundo e nada mais natural do que querer economizar. Mas as vezes o pessoal apela, aí não tem como fazer milagres!imagem 1 qualidade a preço de banana

Nem tudo que é caro é bom. E nem tudo que é bom precisa ser caro. Mas querer pagar 10 reais numa blusa e esperar que ela dure anos é querer demais. Uma peça durável requer tecido de qualidade, mão de obra qualificada, bom acabamento e boas condições armazenamento. Quando se paga 10 reais em uma única camiseta, já dá pra imaginar que o tecido é péssimo e vai rasgar na primeira lavagem, o acabamento é horrível e provavelmente tem defeito antes de sair da loja, a mão de obra é pra lá de escrava e tudo é socado sem nenhum cuidado.

Existe muita loja de “marca” que pega essas porcarias e troca a etiqueta, levando o consumidor a acreditar que a peça é melhor e vale o preço cobrado. Então é importante saber identificar, mesmo nas araras mais glamorosas, o que é valido e o que é papo.

Claro que uma promoção é sempre bem vinda, mas desconfie de coisas extremamente baratas, pois provavelmente o processo é duvidoso e a tranqueira vai durar duas lavadas e acabar saindo caro.

 

PS: foto de artista desconhecido

Voltando a pagar meia no cinema

Umas das coisas que sinto falta da época de estudante é da famosa meia entrada. Sempre é bom pagar menos nas coisas, principalmente quando elas custam caro, como é o caso de shows. Hoje em dia vou muito mais ao cinema, mas voltar a pagar meia é ótimo.

Não estou falando em carteirinha falsa nem nenhuma dessas gambiarras, mas de uma promoção que existe faz um tempinho, mas muita gente ainda não sabe!

Pra quem é cliente da operadora Vivo, pagar meia no cinema voltou a ser possível com a promoção Vivo Valoriza. É só se cadastrar no site ou por SMS e aproveitar pra ir ao Cinemark pagando metade do valor, inclusive nas salas 3D.imagem 1 voltando a pagar meia no cinema

Cada cliente tem direito a uma cota mensal de meias entradas, validos para si mesmo e um acompanhante. A quantidade de ingressos com desconto varia de acordo com a conta de cada consumidor, indo de duas a dez entradas, basta olhar no site e ver qual é o seu caso.

Quando chegar à bilheteria do cinema, escolha o filme e diga que é cliente Vivo. O vendedor vai pedir um documento com cpf e foto. Pronto, cinema ao custo de meia entrada!

Eu gosto muito dessa promoção e uso toda vez que vou assistir a um filme, sempre é bom economizar no que é possível pra sobrar dinheiro pra outras coisas!

 

PS: foto de artista desconhecido

Começa o ano e começam as promoções

Feliz 2014!!! Que esse ano que promete muitas emoções seja maravilhoso para todos nós! Mas é hora de voltar a vida normal e por em pratica todos os desejos que fizemos pulando ondinhas!

Voltando pra casa, junto com a rotina tem algumas coisas empolgantes como as liquidações pós Natal. Muita gente espera as promoções pra pagar menos, outros não ganharam o que estavam esperando e agora correm pras lojas pra comprar o que faltou.imagem 1 começa o ano começam as promoções

De qualquer forma, é um momento bom pra economizar, pois as coisas estão mais em conta. Porem as opções são menores porque muitas coisas foram vendidas até a semana anterior. Mas com certeza vale a pena dar uma olhada, pode ser uma ótima época para fazer bons negócios!

 

PS: foto da Contempo

Comida por minuto

Já vi algumas promoções de restaurantes caros que oferecem o sistema de rodizio, cada hora eles inventam uma maneira de tentar atrair o consumidor. A ultima dessas foi a cobrança por minuto de permanência no restaurante. Logo de cara, parece o melhor achado do universo, mas se não tomar cuidado, acaba saindo ainda mais caro do que o preço cheio.imagem 1 comida por minuto

Vou pegar como exemplo o que mais me tentou a sair correndo de casa e voar pro restaurante, o rodizio de fondue, ainda mais com esses dias frios. A promoção é a seguinte: você paga 19 reais de entrada (para ter direito a doces e salgados) e 0,99 por minuto que ficar no restaurante.

Mas ao ler o regulamento, descobrimos que esse tempo é iniciado no momento em que você deixa seu nome com a recepcionista e termina na hora de pedir a conta. Sabemos que as filas nesses lugares são enormes, e se der sorte vai passar uma hora esperando até conseguir uma mesa.imagem 2 comida por minuto

Pensando em fondues salgados e doces, o tempo mais rápido para se consumir tudo isso, seria de mais uma hora. Nesse caso já são duas horas no restaurante, pagando 0,99 por minuto + 19 de taxa inicial + 10%  + bebidas + couvert artístico. Detalhe, tudo isso por pessoa.

É só fazer as contas e ver que esse jantar vai sair o mesmo preço, ou até bem mais caro do que pagar o rodizio normal. Nada contra quem tem vontade de participar, mas é bom prestar atenção pra não tomar um susto.

PS: fotos de artistas desconhecidos

Revisitando o Outlet Premium de São Paulo

Não existe nada melhor do que um outlet com marcas de boa qualidade. Poder adquirir aquela peça especial pagando o mínimo possível faz até os olhos de quem não é chegado em compras brilhar!

Aqui no Brasil esse conceito é relativamente novo se comparado aos internacionais, mas já podemos contar com a ideia em São Paulo há alguns anos (agora não me lembro bem quantos). Logo que inaugurou fui correndo conferir e confesso que fiquei bem decepcionada, principalmente levando em conta que metade das lojas estavam fechadas, caiu a maior chuva e o lugar é descoberto. Desde então peguei birra e nunca mais quis voltar…até esse fim de semana.imagem 1 outlet premium sp

Resolvi que o tempo havia passado e a estrutura poderia ser outra, então aproveitei a tarde de sábado, peguei meu carrinho e dei uma nova chance ao lugar. O passeio foi ótimo e como estava um dia quente, foi uma delicia andar mais perto da natureza e aproveitar o sol.imagem 2 outlet premium sp

O Outlet Premium da nossa cidade realmente evoluiu desde sua abertura, agora tem muitas opções de alimentação e todas as lojas funcionam a pleno vapor todos os dias das 9 as 9. Mas devo dizer que em termos de compras não me impressionou muito. Realmente os descontos existem, mas em época de liquidação na cidade grande não vale a pena pegar estrada pra encontrar preços parecidos, tirando algumas exceções.imagem 3 outlet premium spimagem 4 outlet premium sp

Algumas lojas estão de parabéns, com boa iluminação, bom visual e vendedores atenciosos. Mas em muitas delas parecia que eu estava entrando em uma feira, cheia de bancas com pilhas infinitas de roupas.  Mesmo sendo um outlet, não pega bem essa imagem no caso de produtos premium, afinal, se querem me convencer a abrir a carteira para comprar um produto de primeira, tenho que sentir que estou fazendo um bom negocio mesmo comprando com desconto. Exposição é tudo nessa vida.imagem 5 outlet premium sp

No geral o passeio ao Outlet Premium foi positivo, pude conhecer novamente o lugar e ter novas opiniões sobre ele para indicar para vocês. Mas ainda fico pensando como dever ser andar lá em um dia de chuva, apesar de ter terminado o sábado com um lindo por do sol.

 

PS: fotos de artistas desconhecidos

Os dois lados da liquidação

Agora é aquele momento tentador onde todas as vitrines estão praticamente sugando a gente pra dentro das lojas com aquelas placas enormes de vários % off. Mas o que é um sonho no começo pode acabar se transformando no efeito entulha armário.

Sou super a favor das compras feitas em liquidação, é realmente ótimo achar peças que você precisa ou aquela que você namorou a coleção inteira e não tinha dinheiro pra comprar agora em promoção. É um momento que a gente se sente muito feliz e pode render ótimas oportunidades de renovar o guarda-roupa sem acabar com as finanças.imagem 1 os dois lados da liquidação

Aí chega a hora de ver o outro lado da coisa. Lembre-se de que deixar pra comprar na liquidação é um risco, pois nesse período muitos tamanhos acabam e a gente não tem nenhuma garantia de que vai achar coisas boas que sirvam direitinho.

Mas o que realmente preocupa é aquele diabinho que fica gritando na nossa orelha pra fazer compras só porque “tá barato”. Se não te serve direito e você compra, não é barato e sim muito caro pra gastar com uma coisa que não é o seu tamanho. Se você não vai usar, não é barato e sim muito dinheiro jogado fora pra entulhar o seu armário. Se não é exatamente o que você estava procurando, não é barato e sim desperdício que vai fazer falta quando você achar o que realmente quer.imagem 2 os dois lados da liquidação

Então é importante segurar o impulso da compra só pela questão do preço, respirar fundo e pensar se tudo aquilo que está na sua mão na hora de ir pro caixa são peças perfeitas pra você. Se forem, ótimo, você fez um maravilhoso investimento. Se não, deixe o que não é tão bom para trás e lembre que muitas vezes, o barato sai caro.

 

PS: fotos de artistas desconhecidos.