Arquivo da tag: style

Que venha 2016!!

Agora começou, estamos em 2016 e pós-feriado delicia, voltamos pra nossas vidas normais e tentamos por em pratica tudo que desejamos na hora de pular as sete ondas na torcida por um ano maravilhoso.imagem 1 que venha 2016

Independente dos planos de cada um, uma renovação sempre vai bem, seja pelo lado profissional ou pessoal. E nada combina mais com mudanças do que uma atualizada no estilo, seja no seu próprio ou no da sua casa.

As roupas são feitas pra nos acompanhar em cada momento e nos representar aos nossos próprios olhos e também aos olhos dos outros, que às vezes nem nos conhecem, mas já imaginam como somos só de olhar pra nós.

Nosso lar também reflete nossa personalidade, tem que ser um pedacinho de paraíso, onde encontramos paz, tranquilidade, energia e amor.

Tudo isso vai mudando junto com a gente e o começo de um novo ciclo é uma ótima hora para analisar tudo, manter o que se encaixa no nosso novo eu e desapegar do que não faz mais sentido.imagem 2 que venha 2016

Mudar é ótimo, mas levemente assustador e as vezes a gente precisa de um empurrãozinho. Em 2016 o Compras com Estilo planeja muitas novidades e espero estar presente na vida de vocês, sendo uma espécie de fada madrinha contemporânea em todos esses momentos.

 

Fonte:

Imagem 1: huffingtonpost.com

Imagem 2: f-o-t-o-s.tumblr.com

Cintura alta

A vida vai passando,  a gente vai mudando e começa a escolher coisas que não gostava antes, só então percebe o quão bom foi essa troca. Isso aconteceu comigo em relação à moda com as roupas de cintura alta.imagem1 cintura altaimagem 2 cintura alta

Quando eu era adolescente, adorava as calças baixas, com um centímetro de zíper e um cós que ficava no limite do meu quadril. Anos mais tarde percebi como aquilo era incomodo e experimentei uma cintura media. A partir daí as cinturas foram subindo e o conforto foi aumentando.imagem 3 cintura altaimagem 4 cintura alta

Peças de cintura alta têm duas vantagens: elegância e conforto! Visualmente falando, a cintura alta tem o poder da elegância, de deixar a gente com um ar mais chic mesmo usando jeans. É um jogo de proporções, nossas pernas parecem mais alongadas e nossas cinturas mais marcadas. Além disso, pense em como é confortável não precisar se preocupar se seu cofrinho está à mostra quando senta ou abaixa, é uma liberdade de movimentos sem importar com nada.imagem 5 cintura altaimagem 6 cintura alta

Outro ponto positivo é que a cintura alta acomoda bem a barriguinha, então a roupa envolve o corpo de uma maneira suave e não dá aquela sensação de que tem coisa pulando pra fora. Eu, como uma mulher super feliz com suas curvas, inclusive barriguinha, não vejo nada mais confortável e estético.imagem 7 cintura altaimagem 8 cintura altaimagem 9 cintura altaimagem 10 cintura alta

Se você já entrou pro time da cintura alta, deve estar se identificando com tudo que eu falei nesse pots. Se ainda é fã da cintura baixa, dê uma chance pra uma roupa mais altinha, vai ser uma transformação ótima no seu armário e bem estar. Pra quem tem dificuldade em experimentar coisas novas, um bom jeito é começar com as saias e depois passar para calças e shorts.

 

Fonte:

Imagem 1: encontrado em whowhatwear.com

Imagem 2: encontrado em mdemulher.abril.com.br

Imagem 3: encontrado em badulaquemix.com.br

Imagem 4: encontrado em horadediva.com.br

Imagem 5: encontrado em blogdajulianaparisi.com.br

Imagem 6: encontrado em luvmay.com.br

Imagem 7: encontrado em muccashop.com.br

Imagem 8: encontrado em modaebeleza.com.br

Imagem 9: encontrado em lolobu.com

Imagem 10: encontrado em instagram, artista desconhecido

Saia midi no trabalho

Ah o verão, a época em que a gente faz tudo que vai contar pros netos um dia!! Desde que estejamos na praia e não trabalhando no escritório… Mas o verão corporativo pode ser um pouco mais suave quando a moda traz opções incríveis que podem circular sem problema no ambiente profissional. A saia midi é um bom exemplo disso.imagem 1 saia midi no trabalhoimagem 2 saia midi no trabalho

Soltinha, fresca, cintura alta e comprimento comportado! Tá aí a chave de uma ótima peça pra ter no seu armário de verão. Mas não pense que estou falando da saia lápis, já conhecida das mulheres executivas, mas sim de um estilo com modelagem mais ampla, que deixa o visual mais moderno e fashion, mas ainda assim elegante e versátil pro ambiente profissional  ou pro lazer, é só saber como compor o look com outras peças que se encaixem em cada ambiente.imagem 3 saia midi no trabalhoimagem 4 saia midi no trabalho

Se você é daquelas que não se sente confortável com roupas muito diferentes, mas tem vontade de mudar o look de trabalho, comece com cores neutras, como preto, cinza e caramelo, que vão ter um efeito clássico e lindo pra te trazer confiança.imagem 5 saia midi no trabalhoimagem 6 saia midi no trabalhoimagem 7 saia midi no trabalho

Já quem adora um visual mais extravagante, pode apostar nas coloridas e estampadas, que são incríveis e super usáveis. Mas independente do quanto você segura do look, é bom pensar no seu tipo de trabalho na hora de escolher um modelo pra ser seu companheiro no horário comercial.

 

Fonte:

Imagem 1: encontrado em blogdarabugenta.com.br

Imagem 2: encontrado em closetdare.jornaldaparaiba.com.br

Imagem 3: encontrado em juromano.com

Imagem 4: encontrado em camilacoelho.com

Imagem 5: encontrado em modait.com.br

Imagem 6: encontrado em hojevouassimoff.com.br

Imagem 7: encontrado em elle.com

Acessórios como base

É, a coisa não tá fácil pra ninguém, em tempos como o que estamos vivendo agora, parece uma bobagem enorme falar de roupas, de looks e de compras, mas se tem uma coisa que podemos aprender com a moda para os momentos difíceis é se reinventar, viver cada dia com o máximo de empolgação e seguir em frente. E nisso o estilo ajuda, no ânimo. Se olhar no espelho e gostar do que se enxerga é o primeiro passo pra sair de casa com vontade de ganhar o mundo e chegar a dias melhores.

Mas como está complicado pra todo mundo, o jeito é arrumar uma nova maneira de fazer isso. O que estou aconselhando minhas clientes que precisaram dar uma segurada nas compras a fazer é aproveitar a magica dos acessórios.  Brincos (esse ano os gigantes e redondos estão super em alta), pulseira, colares e anéis podem mudar bastante o seu visual e são itens que custam relativamente pouco, se compararmos ao preço de todo o resto que compõe o visual.imagem 1 acessórios como baseimagem 2 acessórios como base

Claro que a gente ama joia, mas agora é o momento da biju. Escolha aquelas com máximo impacto e mínimo custo, assim rola uma pitada de personalidade nos looks mais clássicos e você pode alternar o estilo de acordo com o local que vai frequentar.imagem 3 acessórios como baseimagem 4 acessórios como base

Um bom jeito de começar é escolher um pequeno armário de peças coordenadas – que são aquelas que combinam entre si e podem ser usadas de diversas maneiras, o típico 50 looks com 10 peças – dentro das peças que você já tem e sair em busca de acessórios marcantes e diferentes pra brincar com tudo junto, é um jeito certeiro de multiplicar as opções de visual gastando bem pouco.imagem 5 acessórios como baseimagem 6 acessórios como base

Pra quem tem medo de enjoar desse combo, uma boa alternativa é buscar acessórios personalizados! Quando você participa da criação e escolhe usar um objeto que tem um significado especial, dificilmente vai enjoar dele (meio como uma tatuagem) e se engana quem pensa que todos eles são caríssimos, a maioria tem um preço muito amigo.imagem 7 acessórios como base

Dessa forma dá pra sobreviver ao caos com estilo e aumentar seus looks sem diminuir as finanças, afinal, a magica dá moda é, e sempre foi, buscar uma alternativa para o que está faltando no momento.

 

Fonte:

Imagem 1: Desfile Prada verão 2016, encontrado em ffw.com.br

Imagem 2: encontrado em beadinggem.com

Imagem 3: encontrado em pitacoseachados.com

Imagem 4: encontrado em pitacoseachados.com

Imagem 5: encontrado em etsy.com

Imagem 6: encontrado em lindaegraciosa.com

Imagem 7: Designer Sarah Lemon, foto Lilian Rossini

 

 

As semanas de moda e a vida na moda

Toda estação é a mesma coisa, as grandes marcas fazem seus desfiles e nós ficamos ansiosos pra ver as novidades. Quais as modelagens, tecidos, cores e possivelmente as releituras do que já vimos alguns anos atrás, mas cada vez com um detalhe diferente. Particularmente os desfiles me fascinam e os períodos das semanas de moda espalhadas pelo mundo fazem meu coração acelerar! Mas tempos depois surge uma outra sensação, a de ver as tendências se tornarem realidade, de ver a passarela e o street style tomando conta das vitrines e chegando aos olhos das consumidoras que pouco se importam com os desfiles, mas sim com o que vão levar pra casa.imagem 1

Mesmo não assistindo aos fashion weeks, a maioria das mulheres gostam de se sentir na moda e usam as lojas como meio de chegar a isso. Mas existem tantos “must have” que dá um nó na cabeça e as vezes as tendências simplesmente não se encaixam com o seu gosto ou estilo de vida. É aí que entram aquelas compras por impulso, aquelas roupas que vão pro armário e nunca saem de lá e aquela terrível e conhecida sensação de abrir um closet cheio e sentir que não tem nada pra vestir. imagem 2

A moda está aí pra libertar, expressar e fazer se sentir bem. As tendências são novos caminhos de falar a mesma coisa, de mostrar do lado de fora o que somos do lado de dentro, sempre em constante transformação. Isso é lindo, é animador e eu digo que é até mágico. Mas essa conexão maravilhosa só acontece quando a gente sabe ver as novidades, filtrar pra nossa vida e ficar somente com o que faz sentido, deixando o resto de lado sem nenhuma culpa.
imagem 3
As vitrines sempre são tentadoras e piscam como neon na nossa cara, mas com muito treino aprendemos a só dar atenção ao que funciona pra gente. Ai a moda passa a ser divertida, empolgante e as semanas de moda se tornam inspirações, mas nada além disso.

 

PS: Fotos do site FFW, a primeira do desfile da Proenza Schouler em NY, a segunda do desfile da Burberry em Londres e a terceira do desfile da Moschino em Milão.