Arquivo da tag: compras

Fast Fashion: Comprar ou Não Comprar

A moda vem mudando muito a forma de se mostrar pro mundo, não nas passarelas em si, porque nesse quesito acho que continuamos o mesmo caminho percorrido, mas sim na forma de se comunicar e trazer representatividade pra todos os clientes. Algumas marcas já carregam isso no seu DNA, outras estão sendo obrigadas a encarar e se encaixar na nova realidade pra continuarem abertas.

Um segmento que vem sendo alvo de criticas e perdendo muito espaço são as fast fashion, que no passado eram um sucesso enorme e conquistaram muitos clientes, porem hoje esse modelo não é tão aceito pela sociedade pelos inúmeros problemas que carrega. E com isso eu sempre escuto a pergunta: Devo ou não comprar em fast fashion? E a minha resposta é que depende, consigo entender as pessoas que optaram por não frequentar esse tipo de loja, mas também entendo quem ainda precisa e gosta delas.

As questões ambientais e humanas estão totalmente ligadas ao conceito de fast fashion, assim como grande parte dos eletrônicos e muitas outras coisas que consumimos. Esse processo assusta muita gente, mas outras pessoas convivem com isso normalmente. É certo? É errado? Acho que isso vai muito da cabeça de cada um e não cabe a mim julgar ninguém. Num mundo perfeito, todos os processos industriais seriam regulamentados e cuidariam do ambiente e das pessoas em toda a cadeia de produção, mas infelizmente estamos longe desse ideal. Temos que começar com pequenos passos e é muito difícil uma pessoa conseguir se engajar em todos os problemas do mundo, então cada um faz o que acha prioridade. Uns são veganos, outros só compram de produtores locais, outros limpam os oceanos e outros resgatam cachorros. O importante é fazer algo e não criticar o coleguinha se a prioridade dele não é a mesma que a sua.

Foto da New York Magazine

Muita gente debate também o lixo que empresas de fast fashion produzem, porque as roupas são consideradas descartáveis e enormes estoques acabam indo pra aterros ou queimadas. Muitas empresas desse segmento estão tentando mudar esse processo, mas tudo acontece devagar e acho que em algum momento as coisas se acertam, por mais que demore.

Sobre a questão de qualidade, acho que é relativo, tenho muitas peças compradas em fast fashion que estão no meu armário há anos, então tem que saber cuidar, tanto do que você compra em uma loja conceituada, quando na fast fashion. Claro que existem peças de péssima qualidade, mas isso não acontece apenas nesse tipo de loja, tem muita marca dita como bacana e com preços altos que nem sempre vendem a qualidade que esperamos delas. Vou usar o meu próprio exemplo: no ultimo inverno eu precisei de calças novas, comprei 4, sendo duas na Zara, uma na MOB e uma na Maria Filó. Usei todas de forma igual e cuidei delas de forma igual, porem a da MOB já começou a desgastar na coxa e a da Maria Filó começou a desbotar, enquanto as duas da Zara continuam perfeitas e gastei bem menos dinheiro nelas.

Falando na parte financeira, esse é outro fator importantíssimo quando falamos em fast fashion. Infelizmente as marcas nacionais estão cada vez mais caras, em poucos anos, os preços praticamente dobraram. Muito disso é culpa do governo e seus impostos exorbitantes, mas as marcas também têm seu papel nesse problema.  Estamos vivendo numa época em que as coisas estão cada vez mais caras e os salários cada vez mais baixos, então não dá pra culpar uma pessoa por não estar disposta ou não ter condição de gastar uma fortuna com roupas e acabar optando pelas fast fashion, mesmo ciente de todos os problemas que essa indústria tem.

Enfim, esse assunto é delicado e acho que ainda estamos muito longe de chegar a um ideal. Tanto as fast fashion quanto outras marcas teoricamente mais corretas precisam melhorar muito. Mas o mundo vai mudando e as coisas aos poucos vão mudando também, quem sabe um dia a gente chega lá, só espero ainda estar aqui pra ver.

Nunca Pensei – Camisa Xadrez no Estilo Lúdico

Pra terminar a nossa semana da camisa xadrez aqui no Nunca Pensei, escolhi um look bem romântico e levemente lúdico. Tem bastante informação discreta, que juntas formam uma ótima maneira de montar um visual bem diferente pra nossa estrela da semana.

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

Escolhi uma saia de tweed pra deixar o estilo feminino. A modelagem evasê é ótima pra quem gosta de um volume intermediário e os mini detalhes coloridos dão mais alegria pro visual.

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

Chegando à parte lúdica, optei por uma camiseta goiaba com um dos clássicos representantes de Alice no País das Maravilhas, o relógio (que nesse caso é um pouco destorcido estilo Dali). Ainda na terra da fantasia, um brinquinho de unicórnio, que é sempre taaaaao fofinho!!

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

A camisa xadrez foi usada de mangas dobradas e com as pontas pra dentro da saia. Esse não é um jeito tradicional de usar camisa, mas a graça da moda é essa, poder experimentar e testar.

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

Como o look tem bastante informação, a bolsa é clássica em azul royal com duas alças. O sapato também aparece em azul, num tom claro que foi apelidado de acqua (tipo azul céu, que é tendência desse verão) e matelasse, que é super atemporal e dura anos nos nossos armários!

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

Foto Rafael Serra

Quer relembrar todos os looks da semana? Aperta o play e assista o nosso vídeo com os cinco looks da camisa xadrez!

E aí, gostaram da trajetória da camisa xadrez da Lívia aqui no Nunca Pensei? Estou adorando fazer essa serie e pensar dessa forma com as peças bases pra mostrar pra vocês me fez até abrir a mente pro meu próprio armário! E se você tem alguma roupa ou acessório largado em casa, manda pra mim, ele pode ser a próxima peça da semana e aparecer por aqui em cinco looks diferentes!

 

Fotografado por Rafael Serra

Produzido por TV Lacuna

Modelo Carol Cury

Flores by Flowers and More

 

De onde são essas peças?

Camisa: Canal

Saia: Espaço Fashion

Camiseta: Canal

Sapato: Arezzo

Bolsa: Kate Spade

Brinco: H&M

Que venha 2016!!

Agora começou, estamos em 2016 e pós-feriado delicia, voltamos pra nossas vidas normais e tentamos por em pratica tudo que desejamos na hora de pular as sete ondas na torcida por um ano maravilhoso.imagem 1 que venha 2016

Independente dos planos de cada um, uma renovação sempre vai bem, seja pelo lado profissional ou pessoal. E nada combina mais com mudanças do que uma atualizada no estilo, seja no seu próprio ou no da sua casa.

As roupas são feitas pra nos acompanhar em cada momento e nos representar aos nossos próprios olhos e também aos olhos dos outros, que às vezes nem nos conhecem, mas já imaginam como somos só de olhar pra nós.

Nosso lar também reflete nossa personalidade, tem que ser um pedacinho de paraíso, onde encontramos paz, tranquilidade, energia e amor.

Tudo isso vai mudando junto com a gente e o começo de um novo ciclo é uma ótima hora para analisar tudo, manter o que se encaixa no nosso novo eu e desapegar do que não faz mais sentido.imagem 2 que venha 2016

Mudar é ótimo, mas levemente assustador e as vezes a gente precisa de um empurrãozinho. Em 2016 o Compras com Estilo planeja muitas novidades e espero estar presente na vida de vocês, sendo uma espécie de fada madrinha contemporânea em todos esses momentos.

 

Fonte:

Imagem 1: huffingtonpost.com

Imagem 2: f-o-t-o-s.tumblr.com

Fiever

Eu realmente adoro uma novidade, talvez essa tenha sido uma das maiores razões pra escolher ser personal shopper, ver ideias sendo levadas pro mundo através de marcas, serviços e produtos. Sempre fico empolgada com cada lançamento,  e nem to falando da festa de inauguração, mas sim de alguns dias depois, quando as coisas se acalmam e você pode ver de perto, tocar, experimentar e circular sem varias pessoas em volta. Por isso, esses dias eu fui visitar a Fiever, nova marca do grupo Arezzo, que chegou com um conceito muito bacana e diferente.imagem 1 fiever

Quando comecei a ler sobre a marca na mídia, fiquei com a impressão de ser uma loja voltada para tênis – do mesmo modo que a Anacapri é voltada para flats – mas as criações deles são muito mais ousadas e merecem um destaque pela possibilidade 2 em 1 (ou até 10 em 1) explorada na maioria dos pares, não apenas nos tênis.imagem 2 fieverimagem 3 fiever

O estilo é mais street, urbano e moderno. A linha é abrangente e apresenta o já falado tênis, mas também, rasteiras, sandálias, saltos flatforms, birken, espadriles e até algumas mochilas bem interessantes. Mas vou aproveitar pra falar dos modelos multi função, que foram os que mais me chamaram atenção.

Além dos tênis normais, a marca oferece a possibilidade de você comprar os componentes separados, assim, pode escolher uma base (White-sole), que pode ser baixa ou mais alta, uma palmilha e um corpo (upper) pro tênis, que é preso a base por um zíper. O legal é que você pode ter uma sola e vários uppers, não apenas em diferentes cores e estampas, mas também em diversas modelagens. Tem o tênis com cadarço, o cano mais alto, o slip on… Enfim, dá pra ter vários sapatos em um só.imagem 5 fiever

O conceito também é encontrado nas sandálias flats, onde muitos modelos podem ser usados de maneiras diferentes e você vai trocando o estilo com peças presas por botões ou entrelaçadas. Um bom exemplo é a birken que vem com duas tiras e pode ser transformada em gladiadora. Ou a rasteira, que pode ser usada com uma faixa simples ou com uma modelagem maior e cheia de pedras.imagem 6 fiever

A ideia de customizar e construir junto, além de muito criativa, leva aos clientes a possibilidade de usar o mesmo sapato em ocasiões diferentes, de aproveitar melhor um único par, sem ficar com a sensação de usar sempre a mesma coisa. É um jeito de inovar e economizar (que é a máxima do momento) sem perder a graça e a diversão.

A decoração também é descontraída e cheia de personalidade, onde a experimentação é a palavra de ordem e tudo é interativo ou curioso. Até na fragrância futura da loja os clientes podem opinar, existem 3 perfumes que podemos experimentar e uma urna para cada um deles, onde a mais votada será o aroma da Fiever.imagem 4 fiever

Por enquanto só existe uma loja na Oscar Freire, mas acredito que em breve a marca ganhe novos endereços. O produto não é exatamente barato (em media 250 por par), mas vale o investimento. Além disso, a equipe é bem treinada e muito simpática, fui atendida pela Bruna, que me contou sobre todos os modelos, me deixou provar, testar e fotografar sem compromisso de comprar nada.

Originalmente a Fiever é uma marca feminina, mas muitos modelos entram no estilo andrógeno e o White-sole pode muito bem ser aproveitado pelos homens. Chegou a hora de uma temporada sem regras, com conceitos adaptáveis e livre pra ser o que quiser!

 

Fonte: Todas as fotos tiradas por mim na loja Fiever.

Sephora dá presente de aniversário

Fazer aniversário é sempre uma delicia! Comemorar com os amigos e com a família, comer coisas gostosas, receber muitos votos e de quebra ganhar presentes, quer coisa melhor?! Pensando nisso, muitas marcas dão um mimo pra seus clientes, a maioria delas oferece entre 5 e 15% de desconto em compras realizadas no mês que você sopra as velinhas!

Eu sempre uso o um pedaço do meu grande dia para fazer compras pra mim mesma e pergunto no caixa se rola o desconto de aniversario – que nem sempre eles avisam se você não perguntar – pois é uma ótima maneira de se dar presentes e economizar dinheiro.

Esse ano, passai pela Sephora no meu aniversario porque estava na duvida se comprava o meu sabonete de rosto que estava acabando por lá ou na loja própria da marca. Perguntei pra um dos atendentes se eles tinham desconto de aniversariante (queria ver onde meu sabonete custaria menos) e ele me respondeu que não, mas se fosse o dia mesmo do meu aniversario era só eu ir no caixa e apresentar um documento pra ganhar um presente, nem precisava comprar nada na loja.imagem 1 aniversario na sephoraNo fim o sabonete estava mais barato por lá e eu pedi meu presente no caixa (mesmo tendo meu cadastro na loja, eles não se pronunciaram até eu pedir).  Saí da Sephora com dois mini batons da Nars em uma caixinha super fofa.imagem 3 aniversario na sephora

Achei uma ideia ótima, ainda mais por não estar atrelada a nenhuma compra, é só um presente pelo seu dia. Então, se você passar por uma Sephora no seu aniversario, entre lá e peça um presente!

Biquini hot pant double

Pode até ser que você não reconheça o nome, mas com certeza já viu um biquíni hot pant nas lojas de beachwear. Releitura das roupas de praia dos anos 60 que virou tendência e ganhou as vitrines, o biquini do ano é de cintura super alta! É um modelo bem interessante e confortável, ainda mais se você não se importa com grandes marcas de sol. Mas por ser muito diferente do que as brasileiras estão acostumadas, causa certa estranheza logo de cara.imagem 1 biquini hot pant double

Pensando que o novo modelo da estação causaria duvidas nas clientes, que em muitos casos desistiriam da peça por medo de ser uma tendência passageira, as marcas lançaram alguns modelos apelidados de double.

O double nada mais é do que um hot pant dupla face, então você pode curtir o modelo altinho na cintura e quando enjoar  – no próximo ano ou quem sabe até no mesmo dia – pode dobrar um bom pedaço do biquíni e deixa-lo com uma modelagem menor.imagem 2 biquini hot pant double

A ideia de transformar uma peça super fashionista em algo versátil e adaptável,  provavelmente fará com que muitas mulheres se permitam experimentar o modelo, pois se mudarem de ideia é só dobrar e a peça se torna um biquíni comum.

Além disso, é perfeito pra quem adora uma novidade, mas tem medo de investir em uma peça de maior qualidade e com custo mais alto em uma moda passageira. Nesse caso, o biquini não será uma peça pra ser usada apenas nesse verão.

Gosto muito dessas peças mutáveis, é uma maneira de fazer com que as tendências sejam mais aceitas pela população, pois a maioria das pessoas tem medo do novo, mas até aceitam arriscar se conseguirem voltar pro jeito antigo caso mudem de ideia.

 

Fonte:

Fotos do site da marca Salinas (salinascompras.com.br)

Compras na Black Friday

Como o próprio nome diz, a black Friday é só na sexta, porem existem muitos estabelecimentos que esticaram o famoso dia de descontos pra semana inteira. Então ninguém precisa esperar até dia 27 pra chamar de seu algum produto que está pensando em comprar.imagem 1 compras na black friday

Mas para evitar que essa comemoração estendida se transforme em pesadelo financeiro depois, aqui estão algumas dicas para ter em mente na hora das compras:

– Faça uma lista dos produtos: Fica mais fácil não se esquecer de nada e saber realmente o que está precisando.

– Tenha um orçamento: Esse é o melhor caminho para aproveitar uma liquidação sem enfiar o pé na jaca.

– Foco na compra: Vá direto ao ponto e busque só os itens desejados.

– Cuidado com as tentações: Um monte de lojas vão querer te puxar pra dentro, entre somente nas que fazem sentido pra você.

– Não caia no conto do “tá barato”: Tudo que não serve pra você, seja por estilo, tamanho ou necessidade, não é barato, mesmo que custe 1 centavo. Gastar com peças que não se encaixam na sua vida é o maior jeito de desperdiçar dinheiro, não importa o valor do desconto. Pense que o barato pode sair caro.

– Comida é sua amiga: Tem gente tão alucinada por comprar que se esquece de comer, mas lembre que você precisa de energia pra aproveitar as compras e pra pensar com clareza se está fazendo um bom negócio.

– Divirta-se: Além de trazer bons achados pra casa, divirta-se, afinal, fazer compras deve ser uma experiência prazerosa.

Agora dá pra aproveitar ao máximo a temporada dos descontos e se precisarem de alguma coisa, é só dar um grito pra gente, o Compras com Estilo vai passar por vários shoppings essa semana.

 

Fonte: foto de artista desconhecido

Qual o tamanho de um bom closet?

Essa é uma das perguntas que mais ouço dos clientes, afinal, qual é o tamanho certo de um bom armário? Como a maioria dos assuntos de moda, a resposta é: depende. Não existe uma regra exata para o tamanho do armário ideal, mas sim a quantidade e estilos de peças que são perfeitos pra sua vida.

Claro que quem faz a renovação de armário completa sempre ouve de mim um mínimo de peças para se viver com conforto, isso quer dizer conseguir usar suas roupas por uma semana sem precisar lavar.imagem 5 organizando o closet

Mas não tem um limite máximo, isso varia muito do estilo de vida que está representado ali. Existem pessoas que gostam de muitas peças e se animam em comprar novos modelos. Tudo que está no seu armário combina com seu estilo? Você usa? Suas compras cabem no seu orçamento? Se a resposta pra tudo isso for sim, então porque falar que você não deve ter muitas roupas?! Não vejo sentido em regras rígidas pra tudo que é relacionado à expressão, e roupas são um ótimo jeito de se expressar.imagem 2 qual o tamanho certo de um bom armario

Também existe aquela máxima usada por alguns profissionais de que entra um, sai um. Assim, cada vez que você comprar algo novo, deve se desfazer de algo antigo. Bleh! Alguém aqui se livra de um amigo antigo quando faz um amigo novo?! Não né, então porque fazer isso com as roupas?! Seu closet deve ser seu amigo, e desde que vocês tenham uma relação saudável, não tem motivo pra encanar com o tamanho dele.

 

Fonte:

Imagem 1: encontrado em emgrand.net

Imagem 2: encontrada em fashionismo.com.br

Comprar da China

Ultimamente a galera vem amando comprar coisas da China, o que tem de site chinês entregando aqui é pra deixar qualquer um tentado. Ainda mais em tempos de crise, a gente pensa mesmo em usar o Ali Express pra economizar uma grana. Mas e aí, será que vale a pena??imagem 1 compra da china

Conheço os dois lados da moeda, tanto de pessoas que tiveram experiências ótimas, quanto de situações terríveis pra deixar qualquer um irritado. Então, no geral eu diria que é uma roleta russa e o preço por pagar pouco é correr o risco.

Mas quando falamos de compras inteligentes, que duram bastante e se pagam conforme são usadas, temos que pensar um pouco mais, porque aquele velho ditado do barato sair caro é absolutamente verdadeiro. Então vou fazer uma listinha dos prós e contras, aí é por sua conta e risco…

Prós:

– preço baixo

– copia de marcas famosas (pra mim isso não é bem uma vantagem, mas muita gente gosta)

– às vezes dura

Contras:

– prazo de entrega extremamente longo

– nem sempre chega exatamente o que você compra

– qualidade ruim

– trabalho escravo

– às vezes o produto não chega

– durabilidade curta

– tamanhos muito diferentes dos nossos

Enfim, não é o tipo de compra que eu aconselho, principalmente pra itens que podem ser duráveis e merecem um pouco mais de investimento (não só financeiro, mas também de material, acabamento, mão de obra e design), mas se você está tentado a trazer algumas coisinhas desses sites lá do outro lado do mundo, desejo boa sorte!

 

Fonte: artista desconhecido

Preparação para a Black Friday

Tá longe, eu sei, falta quase um mês pra Black Friday, mas já podemos começar a nos preparar pra ela, e isso não quer dizer apenas guardar $$. Para o dia das promoções realmente valer a pena, precisa de um certo planejamento.imagem 1 preparação para black friday

Originalmente é um dia de descontos super vantajosos na sexta feira após o dia de Ação de Graças, onde os americanos passam o dia e até a noite em busca de preços maravilhosos pra adquirir os mais variados estilos de produtos. E como bons amantes e copiadores do que tem lá fora, agora o Brasil também faz Black Friday.

Ano passado eu estive em uma autentica Black Friday, como contei aqui e o que temos no Brasil não chega nem perto do que vi por lá. Por essas e outras que eu recomendo pra quem quer participar dos descontos desse ano, fazer uma preparação que deve começar agora.imagem 2 preparação pra black friday

Faça uma lista das coisas que pretende comprar e comece uma pesquisa de preços em sites e lojas, anote os valores dos produtos que você quer e acompanhe o custo deles no próximo mês. Muitas lojas aumentam um pouco os preços no começo de novembro pra poder baixar na Black Friday e o consumidor acha que está fazendo um bom negócio.

Então é bom saber o preço real dos produtos, assim você evita cair nesses golpes e realmente ganha bons descontos. Eu já consegui achar muita coisa boa na Black Friday brasileira, mas também tem muito trambique, então é bom ficar esperto e saber bem o que você está buscando.

E que venha o dia 27 de novembro com bons descontos porque nós merecemos.

 

Fonte:

Imagem 1: encontrado em skreened.com

Imagem 2: eu mesma fiz